Home Mulher ‘É triste me ver estereotipada em fantasia de carnaval’, diz ativista negra